Dia do Carbono - Plantar 118 Árvores!

21/03/2019 a 21/03/2019 Nacional

Inscrições         Instituições/Escolas Participantes         Projectos de Plantação         Sugestões de Árvores a Plantar

 

Propusemo-nos retirar 2,5 toneladas/ano de dióxido de carbono da atmosfera através da plantação de 118 árvores. Neste momento já excedemos 10 vezes esse valor. Devido ao sucesso da iniciativa as t-shirts da TP-sustentabilidade apenas poderão ser fornecidas aos eventos já registados na proporção da dimensão dos mesmos. Neste momento a empresa que produz as t-shirts não tem condições de aumentar a produção pelo que a própria venda se encontra suspensa (para o evento de 21/3). No entanto o espírito do evento é plantar árvores e celebrar a Tabela Periódica. Continuem a registar-se e a divulgar os vossos eventos no nosso site.

 

A Celebração do Ano Internacional da Tabela Periódica vai sair para a rua no Dia do Carbono, 21 de Março (Dia Internacional das Florestas). Mantendo a tónica da sustentabilidade das celebrações internacionais destacamos, neste Dia do Carbono, o papel fundamental das árvores na fixação do Carbono (CO2 atmosférico). Esta iníciativa visa alertar a comunidade, em especial os jovens, para a influência da vegetação na diminuição da concentração de dióxido de carbono na atmosfera. Celebramos, simultaneamente, a Química e a importância da Sustentabilidade no equilíbrio do nosso planeta!

 

Convidamos todas as escolas e instituições a participar com a plantação de 1 árvore, ou até mesmo de 118!

Faça já a sua Inscrição!

 

Receberão material de divulgação preparado pela Sociedade Portuguesa de Química:

  • Placa de chão Comemorativa do Dia do Carbono (a ser colocada junto da/s árvore/s plantada/s).
  • Placa de parede Comemorativa do Dia do Carbono (a ser colocada numa parede da Escola/Instituição).
  • T-shirts da Tabela Periódica da Sustentabilidade (o número de t-shirt a ser atribuida será proporcional à dimensão do respectivo evento de cada escola).

(As árvores não são oferecidas pela Sociedade Portuguesa de Química, terão de ser adquiridas pelas respectivas escolas/instituições. Ás escolas inscritas depois do dia 11 de março não garantimos a entrega de placas identificativas da comemoração (placas de chão e de parede).

 

Faça o DOWNLOAD da brochura do evento

 

Instituições/Escolas Participantes

1502 árvores

  • Escola Básica e Secundário de Lousada Norte (Lustosa) - 10
  • Agrupamento de Escolas de Arganil/Escola Secundária de Arganil - 118
  • Agrupamento de Escolas de Moimenta da Beira - 5
  • Escola Básica 2,3 D. António de Ataíde - 6
  • Agrupamento de escolas Pêro Vaz de Caminha - 1
  • Agrupamento escolas de Perafita - 1
  • Escola Básica Júlio Dinis, Gondomar - 9
  • Agrupamento de Escolas de Amarante - 2
  • Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho - 3
  • Escola Básica de S. Pedro da Cova - 1
  • Escola Secundária Alves Martins - 1
  • Agrupamento de Escolas de Sto.António - Parede ( Cascais) - 1
  • Agrupamento de Escolas de Avis - 23
  • Escola EB 2,3 Mário de Sá Carneiro - 1
  • Agrupamento de Escolas Gil Vicente - 1
  • Eb2.3 Soeiro Pereira Gomes - 20
  • Escola dos 2. e 3. Ciclis dos Louros - 1
  • Agrupamento de Escolas de Sever do Vouga - 1
  • Escola Profissional Gustave Eiffel -Pólo do Lumiar - 1
  • Escola Secundária José Saramago - Mafra - 1
  • Escola Profissional da Serra da Estrela - 7
  • Agrupamento de Escolas de Cristelo - 3
  • Instituto Politécnico de Tomar - 3
  • Instituto de Ciêcias Educativas - 1
  • Escola Básica de Vilarinho do Bairro - 1
  • Externato das Escravas do Sagrado Coração de Jesus - 2
  • Academia São Miguel dos Arcos - 2
  • Escola José Falcão, Miranda do Corvo - 1
  • Escola Básica da Venda do Pinheiro - 1
  • EB Recarei - 34
  • EB1 Ribes - 1
  • Agrupamento de Escolas de Estarreja - 14
  • Escola Profissional e Tecnológica Profensino - 2
  • Agrupamento de  Escolas Dr. António Granjo/Escola Secundária Dr. António Granjo
  • Escola Secundária de Ponte de Sor - 9
  • Colégio Cedros - 1
  • Escola Básica e Secundária da Sé - 2
  • Escola da APEL - 118
  • Agrupamento de Escolas da Sé -CBA Guarda - 118
  • Agrupamento de Escolas Frei Heitor Pinto - 118
  • Secundária Leal da Câmara - 1
  • Escola Secundária do Lumiar - 1
  • Agrupamento de Escolas de Condeixa-a -Nova/ Escola Básica nº2 - 7
  • Escola Básica e Secundária Professor Armando de Lucena - 1
  • Colégio Vasco da Gama - 6
  • Agrupamento de Escolas de Vila Nova de Poiares - 1
  • AECO - Escola Básica 2,3 de Taveiro - 4
  • Grémio de instrução Liberal de Campo de Ourique - 1
  • Agrupamento de Escolas da Sé - Lamego - 4
  • Escola Cardeal Costa Nunes - 118
  • Escola Secundária de Águas Santas - 1
  • EB1/JI da Pasteleira - 1
  • Sanatório de Mont'Alto, Valongo - 118
 
  • EPAMAC - Escola Profissional Agricultura e Desenvolvimento Rural de Marco de Canaveses - 118
  • Escola Secundária Carlos Amarante - 1
  • Escola E.B. 2,3 Júlio Brandão (AECCB) - 11
  • Agrupamento de escolas Conde de Oeiras - 1
  • Escola Secundária do Sabugal - 5
  • Escola Básica de Fazendas de Almeirim - 1
  • Escola Secundária de Penafiel - 7
  • Instituto Superior de Engenharia de Lisboa - 1
  • Escola Básica 2,3 de Quinta da Lomba - 1
  • Secundária Alfredo dos Reis Silveira - 1
  • Escola EB2,3 José Cardoso Pires - Amadora - 1
  • Agrupamento de Escolas Aquilino Ribeiro
  • Agrupamento de Escolas Prof. Carlos Teixeira - 1
  • Escola secundária D. Manuel Martins - 1
  • Instituto Superior de Engenharia de Coimbra - 1
  • Escola Básica e Secundária com Pré Escolar da Calheta - Pólo Calheta - 2
  • Agrupamento de Escolas de Alfãndega da Fé - 1
  • Escola Básica Marquês de Marialva - 1
  • Agrupamento de Escolas Ibn Mucana - 39
  • Agrupamento de Escolas de Penacova - 118
  • Escola Secundária Tomás Cabreira - 1
  • Escola Básica Campo Aberto - AE Campo Abero - 1
  • Colégio Teresiano Braga - 4
  • Escola Básica Integrada de Colmeias - 3
  • Escola Secundária das Laranjeiras - 1
  • Agrupamento de Escolas de Alfornelos - 1
  • Agrupamento de Escolas do Bairro Padre Cruz - 3
  • Agrupamento de Escolas de Mortágua - 18
  • Agrupamento de Escolas de Eixo - 43
  • Escola Secundária de Emídio Navarro, Viseu - 1
  • Agrupamento de Escolas de Valbom - 12
  • Agrupamento de Escolas Figueira Norte - 2
  • Escola Secundária D. Afonso Henriques - 1
  • Oficina da Ciência de Sintra - 6
  • Eb1/JI Professor Doutor Marques dos Santos - 1
  • EB2,3 Maia - 1
  • Escola Básica 2,3, São Pedro da Cova - 3
  • Agrupamento de Escolas de Gouveia - 118
  • Escola Secundária de Paredes - 7
  • Escola EB 2,3 Dr Joaquim Magalhães - 1
  • Agrupamento de Escolas Joaquim de Araújo, Penafiel - 18
  • ROMULO - Escola Ciência Viva - 4
  • Básica Alfredo da Silva - 3
  • Escola Secundária João da Silva Correia - 1
  • Escola Secundária de Moura - 2
  • Agrupamento de Escolas D. Maria II - 9
  • Agrupamento de Escolas de Gouveia - 2
  • Agrupamento de escolas Amadeo de Souza-Cardoso - 12

​     Inscreva-se e acrescente a sua escola/instituição a esta lista!

 

Projectos de Plantação

 

Agrupamento de Escolas de Arganil - Escola Secundária de Arganil   Escola da APEL - Associação Promotora de Ensino Livre, Funchal   Agrupamento de Escolas da Sé - Escola Carolina Beatriz Ângelo, Guarda

No âmbito da área Cidadania e Desenvolvimento e com o tema Sustentabilidade Ambiental, pretende-se reflorestar uma área afetada pelos incêndios de 2017 com  a plantação de 118 árvores na Mata da Margaraça integrada na Paisagem Protegida da Serra do Açor (PPSA).

- Miquelina Mendes    


 

A Escola da APEL estabeleceu uma parceria com o Governo Regional através da Secretaria Regional do Ambiente e Recursos Naturais pelo seu Instituto da Floresta e da Conservação Natureza onde serão disponibilizadas 118 árvores e uma área para reflorestação, nas serras do Funchal, que foram afetadas por incêndios em 2016.

- Gonçalo Faria  


 

Esta iniciativa será realizada pela Câmara Municipal da Guarda que plantará duas Tabelas Periódicas Vivas, uma na escola CBA e outra no Parque Polis. Em cada plantação, serão plantados 118 arbustos e plantas correspondentes aos 118 elementos de acordo com a seguinte distribuição (ver).

- Sandra Grácio  


         
Agrupamento de Escolas Frei Heitor Pinto, Covilhã   Escola Cardeal Costa Nunes, Açores   EPAMAC - Escola Profissional Agricultura e Desenvolvimento Rural de Marco de Canaveses

O objectivo será a plantação de 118 árvores que serão distribuídas pelas três unidades e escolas primárias pertencentes ao agrupamento.

- Sandra Costa  


 

Serão plantadas 118 árvores no parque localizado junto à escola. Esta atividade irá realizar-se em colaboração com a Câmara Municipal da Madalena e os Serviços Florestais do Pico.

- Márcio Silva 


 

Os alunos dos cursos Técnico de Gestão Equina e Técnico de Produção Agropecuária irão plantar 118 árvores com a forma da Tabela Periódica. As famílias irão ser representadas por espécies diferentes de árvores e cada elemento será associado a uma árvore e a um aluno que, enquanto estiver a frequentar a escola, irá cuidar dela! 

  - Fernanda Pinto 


         

Agrupamento de Escolas de Penacova, Penacova

 

Escola Secundária Dr. António Granjo

  Sanatório de Mont'Alto, Valongo

Serão plantadas 118 árvores identificando cada uma com um elemento da Tabela Periódica. Plantação será feita numa área afetada pelos incêndios de 2017 (a escola insere-se numa das zona de calamidade).

- Margarida Figueiredo  


 

Serão plantadas na escola sede do Agrupamento Dr. António Granjo 14 árvores/arbustos. A cada turma do 3.ºCEB foi lançado o desafio de escolher uma árvore ou arbusto autóctone para plantar no recinto da escola a qual ficará para sempre associada a esse grupo de alunos. O clube de Ciência e do Ambiente também ficará responsável pela escolha e plantação de um exemplar. Para a dinamização da atividade foi solicitada a colaboração da Câmara Municipal de Chaves, dos alunos e respetivos Encarregados de Educação.

- Natércia Soares


 

 

Esta é uma Iniciativa conjunta da Câmara Municipal de Gondomar, Paredes e Valongo no âmbito do projecto das Serras do Porto. Serão plantadas 118 árvores num lote junto à Capela da N. Srª dos Chãos, um terreno com excelentes vistas panorâmicas para a cidade do Porto. Durante o evento será feita uma largada de 118 pombos assim como jogos complementares desde question papers a puzzles alusivos à Tabela Periódica, com entrega de prémios aos vencedores. Será ainda feito um estudo LCA (Life Cycle Assessment) para se poder conhecer o impacto global associado a este ato de plantação das 118 árvores

- Cristina Delerue Matos


 

Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho, Figueira da Foz

  Agrupamento de Escolas de Eixo   Escola Básica 2,3 D. António de Ataíde

O projecto compreende a plantação de 3 plantas, uma por cada turma do 10º ano. As plantas serão plantadas na nossa escola que foi afectada pelo furação Leslie, em Outubro de 2018.

- Margarida Albuquerque


 

 

Pretendemos plantar 43 árvores. Resultante da parceria que o AE de Eixo tem com o grupo RAIZ - Instituto de Investigação da Floresta e do Papel irão ser plantadas 40 árvores (essencialmente autóctones) numa área de reflorestação pertencente ao instituto e 3 árvores no espaço da escola. Estas últimas, três exemplares de Quercus robur, resultam de uma sementeira de bolotas realizada pelos alunos, no dia da floresta autóctone, em novembro de 2017, no âmbito de ações relacionadas com a catástrofe dos incêndios em Portugal.

- Luciana Traqueia


 

 
A Escola D. António de Ataíde, em Castanheira do Ribatejo, aceitou o desafio proposto pela SPQ e, em parceria com a Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, vai plantar 6 árvores. Os alunos do Clube Ciência Viva irão sensibilizar toda a comunidade escolar para a importância das árvores na diminuição do dióxido de carbono atmosférico e para a importância dos pequenos gestos que todos os cidadãos podem ter no seu dia-a-dia na redução da pegada ecológica, principalmente, ao nível da política dos 7R's (Reduzir, Reutilizar, Reciclar, Recusar, Recuperar, Repensar, Reeducar).
 

- Rita Roda Felix


 

         

Instituto Politécnico de Tomar

 

Escola Básica Marquês de Marialva - Cantanhede

 

Escola EB 2,3 Mário de Sá Carneiro

O Instituto Politécnico de Tomar em colaboração com os Agrupamentos de Escolas dos Templários e de Nuno de Santa Maria irá proceder à plantação de 3 árvores no dia 21 de Março, associando-se assim ao Dia do Carbono. O objectivo será sensibilizar a comunidade estudantil de Tomar para a importância da Química como ciência chave para a sustentabilidade ambiental.

- Valentim Nunes


 

 

A nossa escola tem estado em obras para melhoramento dos espaços interiores e exteriores. Assim, a nossa intenção é contribuir para o embelezamento do jardim da escola com a plantação de, pelo menos, uma árvore e apelar aos nossos alunos para o seu cuidado e preservação. Paralelamente, será feita uma sensibilização de toda a comunidade escolar sobre a importância das árvores na diminuição do dióxido de carbono atmosférico  e o contributo de cada cidadão para a redução da sua pegada ecológica.

- Clorinda Branco


 

 

No âmbito do Dia do Carbono, foi proposta aos alunos do 3º Ciclo do Ensino Básico a plantação de uma árvore/arbusto autóctone. Os alunos serão responsáveis pelo preservação da referida árvore enquanto estiverem na escola. Para objetivação da atividade os alunos explorarão em aula a importância dos seus contributos como cidadãos para a redução da pegada de carbono e pegada ecológica.

- Lara Alvar


 

         

 Escola Secundária Alfredo dos Reis Silveira

  Escola Profissional da Serra da Estrela   Escola Secundária do Sabugal

A Escola Secundária Alfredo dos Reis Silveira, em colaboração com a Câmara Municipal do Seixal irá, no dia 21 de Março, plantar 10 árvores, no espaço exterior da escola. Estão envolvidas no Projeto, desenvolvido pelos professores das turmas de de 3º ciclo em parceria com o Projeto Eco- Escolas.

- Teresa Guerreiro


 

 

A Escola Profissional da Serra da Estrela em colaboração com o Clube de Ciência Viva da Escola e o Centro de Interpretação da Serra da Estrela pretende plantar sete árvores, uma por cada período da Tabela Periódica, na cidade de Seia. Em simultâneo serão preparados um cartaz informativo acerca dos elementos químicos que constituem as árvores de uma maneira geral. Brochura

- Estela Silva


 

 

Os nossos alunos de 5º, 6º e 12º anos vão plantar 5 árvores nos espaços exteriores da escola sendo que, no futuro, serão responsáveis pela manutenção/vigilância do crescimento das mesmas. Pedimos orientação/apoio da Reserva Natural da Serra da Malcata que nos fornecerá árvores, autóctones, que se possam vir a manter no solo que temos na escola. Propusemos, também, aos alunos a escolha de nomes para as árvores. Os nomes serão escolhidos de entre os 118 símbolos químicos da Tabela Periódica e serão gravados numa placa identificativa de cada espécie plantada neste dia.

- Ana Margarida Maximiano Ferreira


 

         

Escola Básica Júlio Dinis

  Escola Secundária de Penafiel

Os alunos  turmas de 9º ano da Escola Básica Júlio Dinis, Gondomar, com a colaboração a Associação de Pais do Agrupamento, irão plantar nove árvores no recinto escolar. Nas aulas de Cidadania, após análise de notícias alusivas ao tema, irão medir a sua pegada de carbono, debater os resultados obtidos e sugerir formas de redução das emissões de CO2.

- Lúcia Ramos


 

 

Tem sido prática na Escola, nos últimos anos, desenvolver uma atividade , dinamizada em parceria com a associação de pais, que pretende sensibilizar a comunidade escolar para a importância da sustentabilidade e, nesse âmbito, da necessidade de preservar a floresta. Assim, a cada turma do 7º ano (no total de sete) é atribuída uma árvore (autóctone, de preferência) que será trabalhada na disciplina de Ciências Naturais (pretende-se que façam um estudo envolvendo as características da espécie, a distribuição em Portugal, a sua importância, etc). Na disciplina de Físico-química tratar-se-á do papel do carbono, alertando para a importância das árvores na sua sequestração e regeneração de oxigénio através da fotossíntese. Nas disciplinas de línguas (Português e língua estrangeira) é abordado o tema da poesia ligada às árvores, no âmbito do dia da poesia. Este trabalho culmina com uma apresentação à comunidade escolar, na noite do dia 22 de março (por ser sexta-feira, conseguindo-se, desta forma, a participação de um maior nº de encarregados de educação). Cada turma apresenta a sua árvore, que depois será plantada no jardim da escola.

- Sílvia Machado


 

Instituto Superior de Engenharia de Coimbra

       

O Instituto Superior de Engenharia de Coimbra aceitou o desafio proposto pela SPQ e irá proceder à plantação de 1 árvore no dia 21 de março, associando-se assim ao Dia da Floresta alertando, através do elemento carbono, para a importância das árvores na sua sequestração e regeneração de oxigénio através da fotossíntese.

- José Manuel Sousa


 

       

 

Sugestões de Árvores a Plantar

 

(pelo Arquitecto Paisagista Paulo Farinha Marques, Director do Jardim Botânico do Porto)

 

Árvores pequenas/grandes arbustos de pequeno médio porte com significado cultural/ornamental na paisagem portuguesa (solos ácidos):

1. Camellia japonica (várias cultivares cada uma de flor diferente);

2. Magnolia denudatamagnolia x soulangeanaMagnolia liliifloraMagnolia grandiflora;

3. Rhododendron arboretum;

4. Prunus aviumPrunus cerasusPrunus serrulata 'Kanzan'; Prunus 'Accolade'; Prunnus serrula; (Cerejeiras de flor).


 

 

Árvores pequenas/grandes arbustos com significado cultural/frutícula na paisagem portuguesa:

1. Citrus sinensis (laranjeira); Citrus reticulata (tangerineira); Citrus limon (limoeiro);

2. Malus sp. (macieira); Pyrus sp. (Pereira); Prunus sp. (abrunheiros e ameixeiras);

3. Punica grantum (romanzeira); Ficus carica (figueira); Olea europaea europea (oliveira);

4. Corylus avellana (aveleira); Cydonia oblonga (marmeleiro); Diospyrus kaki (diospireiro).


 

     

Árvore de médio porte com significado cultural na paisagem portuguesa:

1. Juglans regia (nogueira);

2. Morus alba Morus nigra (amoreira);

3. Laurus nobilis (loureiro);

4. Eryobotria japonica (nespereira ou magnoeiro).


 

 

Árvores pequenas/grandes arbustos com valor autóctone:

1. Arbutus unedo (medronheiro);

2. Prunus lusitanica (azereiro);

3. Taxus baccata (teixo);

4. Crataegus monogyna (pilritiero).


 

     

Árvores de grande porte com significado cultural na paisagem portuguesa:

1. Quercus robur (carvalho roble ou alvarinho);

2. Quercus suber (sobreiro);

3. Castanea sativa (castanheriro);

4. Pinus pinea (pinheiro manso).


 

   

 

 

Comunicação Social

O Dia do Carbono na Televisão, Jornais e Portais de Notícias e Redes Sociais.

 

 

Vamos retirar 2,5 toneladas/ano de Dióxido de Carbono da atmosfera

Planta uma árvore na tua escola!

 

TP

 

 


Publicado/editado: 14/05/2019